Welcome to the absorbed !

"Tenho em mim todos os sonhos do mundo"

quarta-feira, 6 de junho de 2012

A lenda pessoal




Foto:Irina Ionesco

A lenda pessoal é aquilo que você sempre desejou fazer. Todas as pessoas, no começo da juventude, sabem qual é sua lenda pessoal.Nesta altura da vida, tudo é claro, tudo é possível, e não temos medo de sonhar e de desejar tudo aquilo que gostaríamos de fazer. Entretanto, à medida em que o tempo vai passando, uma misteriosa força começa a tentar provar que é impossível realizar a Lenda Pessoal. Esta força que parece ruim, na verdade está ensinando a você como realizar sua Lenda Pessoal. Está preparando seu espírito e sua vontade, porque existe uma grande verdade neste planeta: seja você quem for, quando quer com vontade alguma coisa, é porque este desejo nasceu na alma do Universo. É sua missão na Terra."(O Alquimista)

Este trecho do O Alquimista me pegou de surpresa, estava solto em alguma pasta perdida do meu pc que acabei abrindo ao acaso. Parando para refleti-lo , me acometeu aquele pingo de dúvida , será? Será que é mesmo assim? Quando desejo com toda a alma, significa que sou aquilo e irremediavelmente é a minha missão a ser cumprida? Não interpreto como sendo a grande missão, levando pro lado espiritual, mas , como sendo algo que deva ser feito, e se, o contrário acontecer me sentirei incompleta. Talvez, pode ser certa a premissa, pois, tenho um grande sonho desde pequena e nunca desisti dele, sempre penso e queria que fosse real, como foi pra tanta gente, porém , a cada dia a distância entre o almejar e o concretizar aumenta. Então , nesse sentido vejo possibilidades, sim, de ser a minha lenda pessoal. Sei exatamente o que me falta para chegar lá , os fatos são límpidos, porém , julgo que fui deflagrada pelas forças contrárias á minha lenda, e estas estão enclausuradas, partindo de mim mesma. Não existem fatores externos que me atrapalham , que queiram atrasar os meus sonhos, todos os percalços brotam do meu ser, tem raízes nos meus defeitos e, naquilo que eu preciso melhorar como ser humano, e eu sei bem o que é. A mudança desses fatos seria um grande alívio e tornaria tudo possível, mas, exatamente agora preciso fazer uma revisão pessoal e pesar os meus porquês de querer seguir em frente com a ideia, se eu realmente vou gostar de ser isso daqui á 10 ou 20 anos , como estarei em relação a mim  e aos outros, o que quero dizer é que, se faz de extrema importância uma profunda reflexão se os esforços e a extrema abdicação valerá a pena, é uma luta entre o esforço desempenhado e os ganhos sortidos. Tenho um pressentimento de que poderei estar satisfeita, com os pés á caminho de algo semelhante a felicidade, realizando outros sonhos que também são meus á um tempinho, o que me interpela é a ideia de ficar á margem daquilo que eu poderia ter sido, mas abandonei por motivos fracos, e principalmente porque tais, pertencem ao meu jeito, sou eu, mesmo não sendo bons. Difícil querer dialogar tal questão, porque, como agora isso me atrapalha não tenho dúvidas de que me atrapalhará futuramente, analisando sobre essa ótica está claro que preciso destruir o quanto antes esses entraves, pois, podem ancorar o meu progresso , quando eu mais adiante precisar ter foco e destemor para um grande feito , poderá me faltar. Desistir da minha lenda pessoal não é  o certo a ser feito , o que se encaixa é tentar, e extinguir de vez a minha falta de foco, de persistência e a enorme preguiça para dar continuidade nos afazeres que me proponho, a inteligência e o esforço se tornam inúteis quando não encontram uma direção e permanecem nela. Mais do que ter bons argumentos é ter bons parâmetros para o discurso, ou seja, não me valerá as virtudes se eu não souber usá-las.

Um comentário: