Welcome to the absorbed !

"Tenho em mim todos os sonhos do mundo"

domingo, 13 de maio de 2012

Um adeus ao passado.


"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida. 
Cada mudança, cada projeto novo causa espanto:meu coração está espantado. 
É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue" 
(Um sopro de vida)

Clarice Lispector.




Meus últimos oito anos foram os que me fizeram . Têmpera, impetuosa, chata, feliz, levada, inteligente, egoísta, mal humorada, espontânea, implicante, satisfeita, inconstante, paciente, prestativa, arrogante... Tudo isso eu sou , aprendi nesse tempo. Um passado maravilhoso de aprendizado, que agora me despeço. Farejo a mudança e vou acompanhá-la , arriscar um novo viver, novas experiências, amizades, saberes, e principalmente  efetivar meus sonhos que deixei encostados. Fiquei por cinco anos desses oito num mesmo nível de crescimento, lento mas constante, que apesar de tudo que adveio desde então, me deixou no mesmo ponto de partida, sem grandes acontecimentos ou alardeios. Por isso, não me compensa continuar como estou, com quem estou , ou agir da mesma forma como sempre foi, meus planos mudaram para acompanhar meus atuais objetivos e a minha realidade. Vou deixar pra trás pessoas e um grande amor, mas tenho certeza que ganharei em dobro, não que isso vá substituir a falta , mas, sim será satisfatório. Independente de estar aqui ou estar por lá ( eu entendo) haverá inevitavelmente mutações em toda a minha estrutura, pois, de qualquer forma é uma ruptura em mim, e no meu mundo acostumado de sempre. Estou feliz, ansiosa, insegura e mal humorada com tudo isso, quero que as horas voem e o dias cheguem pra ver e sentir no que vai dar, como vai ser daqui pra frente, a espera me mata, me dá dor no estômago e tira meu sono. Quero gritar! Tudo o que eu preciso é simples pra um ser humano e não tem nada de mais , um  bom emprego, uma facul para criar minha carreira, e um amor, só isso! Banal e descomplicado, tenho saúde, família, boas referências, ou seja, tudo o que necessito pro meu sucesso. Não estou lutando pra sobreviver, não sou uma miserável, não me prostituo, não sou viciada, enfim, o que tento propor é que minha vida é normal e sem grandes dificuldades igual a de muitos, então, não é pedir de mais que eu seja feliz. 

Um comentário:

  1. Às vezes o melhor a fazer é deixar o passado no passado, gritar, buscar a felicidade (mesmo que ela, realmente, não exista). Caminhar já é ser feliz.

    ResponderExcluir