Welcome to the absorbed !

"Tenho em mim todos os sonhos do mundo"

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Não adianta negar, torcer o nariz dizendo que não, você faz falta! Sabe quando se quer ficar em casa num dia de folga e assistir a um filme? ou quando de madrugada tomar aquele leite quente? Num domingo sair pra tomar um sorvete ou simplesmente ficar de voltinha por ai ? São nessas horas que mais dói! A dor é tamanha que não fica contida em mim e transborda pelo rosto toda noite. Acordo de cara redonda e marcada e forço meu bom humor ( que não sai tão bom assim) fingindo estar bem. Posso sair numa tentativa falha de aliviar toda a carga de sentimentos, posso brincar, conversar e beber a noite toda com desconhecidos amigos, mas ao olhar para o lado ou para dentro de mim , percebo o vão que há. Incrível como a ausência de uma única pessoa faz você se ausentar de si próprio! Aprendi a ser eu sendo você ,e agora que você não mais existe, quem sou eu ? E a velha historia se repete. Estou aqui sem nada , tudo o que tenho são lembranças... 
ainda me recordo da última vez e quem me dera se fosse como outrora onde as lembranças eram esparsas e as amizades fartas. Melhor se tivéssemos ficado no pretérito de nós mesmos e nunca ter dado aquela segunda chance. Com toda a alma penso assim! Reinvento-me a cada dia crio tudo de novo e no meio tempo de uma coisa e outra, tento tapar os buracos deixados.     "A vida é cheia de interferências indébitas , de acasos estúpidos, de personagens errados, que travam conosco desencontrados diálogos de surdos, a vida esta atravancada de pormenores inúteis, a vida parece um romance mal feito!"     E por tudo isso eu tenho que passar. Trata-se de um processo necessário caso queira me alforriar desses acontecimentos trágicos. Na verdade não é tão grave assim, tragédia mesmo seria se, o caso fosse de morte, se algum de nós não estivesse aqui pra sofrer as decepções do amor. Aliás, por falar em decepção a maior delas não foi por tudo que foi dito até aqui,  e sim quando aquele terrível estalo de coerência me veio a mente, e me fez perceber que todo o show gratuito foi em virtude de um ciúme descontrolado e não , graças a Deus, de um preconceito descabido. Ufa! Dos males o menor. Se quer saber não me culpo por isso, porque a falta de atenção provoca estragos (irreparáveis). E mesmo assim não estou 100% ceta de que a minha opinião confere com a realidade dos fatos. O importante agora é olhar-me no espelho e saber quem é aquela refletida, do  que ela gosta? O que ela quer? Quais são seus planos? O futuro nunca foi tão incerto! Estou em algum lugar do mundo e não sei o que fazer com o mundo de possibilidades que se descortinam diante de mim. O momento é crítico e qualquer passo é definitivo, trata-se do meu norte na vida. Escolhi a imagem do post uma borboleta porque representa a liberdade, porém,  sou tudo no mundo menos livre, vivo subjugada ao meu passado. Então , essa é a minha maior intenção agora, livrar-me dos meus fantasmas e da âncora que me sorvia. Há um provérbio tibetano que diz:" Se o seu problema tem solução , então, não há com o que se preocupar. Se o seu problema não tem solução, então, toda a preocupação será em vão. Esses dizeres me acalmam e me fizeram chegar a óbvia conclusão de que não há mais nada a se fazer , a não ser viver e viver bem! Fazer o melhor possível todos os dias, porque só assim vou descobri quem sou e como será daqui pra frente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário