Welcome to the absorbed !

"Tenho em mim todos os sonhos do mundo"

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Tudo isso deve ser apenas medo.

Por: Caio Marra

É medo, tudo isso deve ser apenas medo. Um frio na barriga, sempre uma nova primeira vez, um querer estar sempre mais perto, uma vontade de ouvir só mais um suspiro, e um medo, de perder tudo que de simples te faz especial e que de especial te torna única.

Sigo em frente com esse medo, que sustenta minha esperança, que engrandece minha vontade e alimenta minha fé, de que um dia isso tudo vai se tornar apenas um inicio.

E que esse medo se transforme em proteção, carinhos e apegos que me darão liberdade pra te deixar voar, e me garantir a certeza que você ira voltar e se acanhar em meu lar, que de tão meu se torne teu.

Enquanto nem do meu próprio espetáculo faça questão de ser o protagonista; que talvez eu apenas fantasie, nos meus maiores fascínios e gozos de inspiração, você surge diante cortinas vermelhas e como uma estrela, veio brilhar no meu show. E quando as cortinas se fecharem, só reste os teus aplausos acompanhados das minhas lagrimas, na dor de um coadjuvante que no seu próprio roteiro, ao fim do espetáculo se torna apenas mais um na plateia, domado de emoções e grilhões que me prendem no passado que um dia foi nosso.

E que o meu maior amor, se torne um encanto, que dê cor ao meu mundo que no passado era preto e branco, e que com esses mesmos riscos, desenhe lembranças que possam me servir de contentamento.

Essas são palavras que a muitos não fazem o menor sentido, mas que me sirvam de consolo e de uma nova inspiração, para que eu possa em breve ter medo novamente, poder sentir isso, pra novamente me sentir presenteado em poder ter passado isso com você.

Que seja eterno enquanto eu viver, e que eu possa viver eternamente pra você.


(para mim faz todo o sentido)  :)

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Conto de Fadas do século XXI


LUÍS.F.V 

Era uma vez uma linda moça que perguntou a um lindo rapaz: Você quer casar comigo?
Ele respondeu: Não!
E a moça viveu feliz para sempre, foi viajar, fez compras, conheceu muitos outros rapazes, visitou muitos lugares, foi morar na praia, comprou outro carro, mobiliou sua casa, sempre estava sorrindo e de bom humor, nunca lhe faltava nada, bebia cerveja com as amigas sempre que estava com vontade e ninguém mandava nela.
O rapaz ficou barrigudo, careca, o pinto caiu, a bunda murchou, ficou sozinho e pobre, pois não se constrói nada sem uma MULHER.

FIM!




sexta-feira, 19 de outubro de 2012

All my loving






"Close your eyes and I'll kiss you
Tomorrow I'll miss you
Remember I'll always be true
And then while I'm away
I'll write home everyday
And I'll send all my loving to you
I'll pretend that I'm kissing
The lips I am missing
And hope that my dreams will come true"

The Beatles

Sr. T


Putz! Já é quase de manhã, lá vem um novo dia, mas, eu não quero dormir agora! Se passaram mais de dezoito horas acordada, e por mim continuaria assim, por mais dezoito. Dormir pra quê? Se pela manhã tudo vai estar como está? O cavalo branco de Napoleão continuará branco, o Brasil ainda será um país corrupto, os falsos continuarão falsos, o céu ainda azul, eu não deixarei de ser uma chata, e a vida sempre á correr. Mas, o relógio não perdoa mesmo com os gritos insistentes ele se recusa á parar no tempo , não me dá espaço, nem uma trégua para me lamentar ou pára retroceder, acho que ele sabe o que faz , afinal é o Sr. de tudo, ele é quem traz, tira e cura, então Sr.tempo aja em mim!

domingo, 14 de outubro de 2012

Escrevo por nada


Acho folhas em branco irresistíveis! Simplesmente são lindas e convidativas, me chamando á deambular. Gosto de me perder em suas linhas só pra ver no que acontece. Algo interessante sempre rola quando esquecemos da vaidade e apenas somos nós mesmos , sem olhar pro lado e pras coisas, quando o foco é apenas a nossa essência. O escrever é imprevisível, no papel podemos ter o melhor amigo e o mais cruel desabafo, porque este é descaracterizado ele não é ninguém, apenas um registro. Registro-me, rejo-me, reescrevo, refaço. No silêncio me escuto e me entendo, estando longe dos burburinhos por aí, só com os meus próprios. Sem intentos e ambições , os vocábulos, sujeitos e objetos, vão fazendo sentindo, afinal, nada é mecanizado. Escrevo por nada, por uma imagem , uma notícia, um sentimento, um amor, uma festa, uma fase, uma solidão, um tédio. Agora mesmo estou aqui sem causa determinada , talvez coisa do meu inconsciente querendo   ser real, numa tentativa de me conquistar. O deixo ir se é da sua vontade pra que prender a expressão? Ou melhor, o pensamento que busca a sua melhor figuração, este talvez sim, seja vaidoso,  sempre quer se mostrar da melhor maneira possível , pois, carrega o ego do seu portador mesmo quando não o sabemos. Definirei o que acontece aqui como, uma troca metalinguística, enquanto discorro sobre o discorrer á palavra me é emprestada ela mesma anseia por vida e quer se combinar é por isso que dá certo. Não tenho nenhum intenção a não ser a de desafogo das tensões , ainda mais nesses tempos onde a globalização e o seu imediatismo tomou conta até da arte e literatura, fazem-se livros quase que de modo industrial, como se fossem  livros expressos, com a única motivação de vender. Chegamos á bancada e pedimos uma pizza expressa , um café expresso, um quadro impessoal, um livro aguado, uma revista de fofocas,e por ai vai as várias criações insossas. Preocupam-se com histórias comuns de personagens apaixonados e sem profundidade, já que todo ser humano é carente por essência prendem-se fácil aos temas amorosos, esotéricos e sobrenaturais, uma pena! 

sábado, 13 de outubro de 2012


"O que te incomoda é você querer que eu brilhe como um vaga-lume e eu querer brilhar como as estrelas "

Maysa Matarazzo

O ontem ainda tão hoje





Como é possível uma pessoa  acordar chorando? A primeira coisa do seu dia lágrimas e aquela deprê.  Somos todos agraciados com inúmeras belezas e bençãos, parece até repetido demais dizer isso, mas, por vezes o seu inconsciente vem á tona, e tudo que você luta para esconder jogando debaixo do tapete, para não mexer jamais, volta te cutuca e faz aquela bagunça ,e o mais incrível é que você nunca sabe o que fazer com isso , o que dizer e se segurar. Você se julga relativamente "bem" e, por vezes, em "paz", tem um sonho e isso basta para o completo derradeiro, suscitando aqui dentro tudo, pequenas frustrações cotidianas, somadas ao desprezo, e a falta de um confidente são fatais para qualquer um, ai só faltou mesmo lembrar de tudo isso junto e chorar por tudo de uma vez só, porém, não de uma vez por todas. Que ódio admitir que enquanto o mundo vive lá fora, as pessoas com seus afazeres e as coisas na sua rotina, aqui dentro não só de mim mas de cada um, tem um pedaço de tudo o que foi um dia, uma fatia do outro, e mesmo sorrindo por aí cada um tem ciência da falta que o outro faz. O outro não precisa ser necessariamente alguém , mas, sim lugares especiais, uma antiga casa, coisas, objetos com valor sentimental, uma época boa da vida, e especialmente sentimentos e pessoas que hoje compõem o seu ontem. Não sei onde ouvi isso, mas, dizem que algumas coisas saem da sua vida para que outras melhores possam entrar, espero que isso seja verdade e espero saber reconhecer o que é bom no tempo certo e me agarrar a isso pra depois não vim com a velha história do "eu era feliz e não sabia".  :)


quinta-feira, 23 de agosto de 2012


Don't be too upset,
If they call you a skank,
Cuz like the news everyday you get pressed.

Amy!!!

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Carta de uma escritora holandesa sobre o Brasil. Vamos aos fatos!


Todo mundo já recebeu um e-mail falando de uma suposta carta escrita por uma escritora holandesa a respeito do Brasil (creio eu que a maioria já recebeu). Bem, em todos os lugares em que li esse texto nenhum citava a fonte , então não sei de onde tiraram que foi uma Holandesa quem o escreveu, mesmo assim, tudo nele escrito apesar de ser lindo e sedutor é extremamente utópico. Concordo seguramente com a mensagem que quiseram passar sobre, amar mais o Brasil e parar de denegri-lo, porém, parafraseando o que um compositor um dia disse " Os EUA é uma merda mas é bom, o Brasil é bom mas é uma merda!" . Isso é fato!  

               O QUE UMA ESCRITORA HOLANDESA FALOU DO BRASIL

Os brasileiros acham que o mundo todo presta, menos o Brasil, realmente parece que é um vício falar mal do Brasil. Todo lugar tem seus pontos positivos e negativos, mas no exterior eles maximizam os positivos, enquanto no Brasil se maximizam os negativos. Aqui na Holanda, os resultados das eleições demoram horrores porque não há nada automatizado.
Só existe uma companhia telefônica e pasmem!: Se você ligar reclamando do serviço, corre o risco de ter seu telefone temporariamente desconectado.
Nos Estados Unidos e na Europa, ninguém tem o hábito de enrolar o sanduíche em um guardanapo - ou de lavar as mãos antes de comer. Nas padarias, feiras e açougues europeus, os atendentes recebem o dinheiro e com mesma mão suja entregam o pão ou a carne.
Em Londres, existe um lugar famosíssimo que vende batatas fritas enroladas em folhas de jornal - e tem fila na porta.
Na Europa, não-fumante é minoria. Se pedir mesa de não-fumante, o garçom ri
na sua cara, porque não existe. Fumam até em elevador.
Em Paris, os garçons são conhecidos por seu mau humor e grosseria e qualquer garçom de botequim no Brasil podia ir pra lá dar aulas de "Como conquistar o Cliente".
Você sabe como as grandes potências fazem para destruir um povo? Impõem suas crenças e cultura. Se você parar para observar, em todo filme dos EUA a bandeira nacional aparece, e geralmente na hora em que estamos emotivos.
Vocês têm uma língua que, apesar de não se parecer quase nada com a língua portuguesa, é chamada de língua portuguesa, enquanto que as empresas de software a chamam de português brasileiro, porque não conseguem se comunicar com os seus usuários brasileiros através da língua Portuguesa.
Os brasileiros são vitimas de vários crimes contra a pátria, crenças, cultura, língua, etc… Os brasileiros mais esclarecidos sabem que temos muitas razões para resgatar nossas raízes culturais.

Os dados são da Antropos Consulting:

1. O Brasil é o país que tem tido maior sucesso no combate à AIDS e de outras doenças sexualmente transmissíveis, e vem sendo exemplo mundial.
2. O Brasil é o único país do hemisfério sul que está participando do Projeto Genoma.
3. Numa pesquisa envolvendo 50 cidades de diversos países, a cidade do Rio
de Janeiro foi considerada a mais solidária.
4. Nas eleições de 2000, o sistema do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) estava informatizado em todas as regiões do Brasil, com resultados em menos de 24 horas depois do início das apurações. O modelo chamou a atenção de uma das maiores potências mundiais: os Estados Unidos, onde a apuração dos votos teve que ser refeita várias vezes, atrasando o resultado e colocando em xeque a credibilidade do processo.
5. Mesmo sendo um país em desenvolvimento, os internautas brasileiros representam uma fatia de 40% do mercado na América Latina.
6. No Brasil, há 14 fábricas de veículos instaladas e outras 4 se instalando, enquanto alguns países vizinhos não possuem nenhuma.
7. Das crianças e adolescentes entre 7 a 14 anos, 97,3% estão estudando.
8. O mercado de telefones celulares do Brasil é o segundo do mundo, com 650 mil novas habilitações a cada mês.
9. Na telefonia fixa, o país ocupa a quinta posição em número de linhas instaladas.
10. Das empresas brasileiras, 6.890 possuem certificado de qualidade ISO-9000, maior número entre os países em desenvolvimento. No México, são apenas 300 empresas e 265 na Argentina.
11. O Brasil é o segundo maior mercado de jatos e helicópteros executivos.
Por que vocês têm esse vício de só falar mal do Brasil?
12. Por que não se orgulham em dizer que o mercado editorial de livros é maior do que o da Itália, com mais de 50 mil títulos novos a cada ano?
13. Que têm o mais moderno sistema bancário do planeta?
14. Que suas agências de publicidade ganham os melhores e maiores prêmios mundiais?
15. Por que não falam que são o país mais empreendedor do mundo e que mais de 70% dos brasileiros, pobres e ricos, dedicam considerável parte de seu tempo em trabalhos voluntários?
16. Por que não dizem que são hoje a terceira maior democracia do mundo?
17. Que apesar de todas as mazelas, o Congresso está punindo seus próprios membros, o que raramente ocorre em outros países ditos civilizados?
18. Por que não se lembram que o povo brasileiro é um povo hospitaleiro, que se esforça para falar a língua dos turistas, gesticula e não mede esforços para atendê-los bem?
19. Por que não se orgulham de ser um povo que faz piada da própria desgraça e que enfrenta os desgostos sambando?
20. Que nós somos considerados os maiores amantes do mundo, enquanto que os ingleses e os árabes são os piores?
21. Que nós tomamos banho todos os dias, às vezes mais de um por dia enquanto que os europeus tomam em média um por semana? O país do mundo onde a Gessy Lever mais vende sabonetes é o Brasil.

É! O Brasil é um país abençoado de fato.

Voltando a sorrir



Que vida louca, atordoada, sem noção.Você acorda pela manhã e descobre estar em outro mundo. Ai que droga! O mundo fez suas voltas e esqueceu de me situar. Nunca tive nada sob controle, mas, pelo menos sentia os pés no chão, sabia onde era seguro de se pisar, tiraram-me tudo isso. Lugar estranho, pessoas cafonas, conviver difícil e etc. O sentimento de estar avulsa é que me incomoda tanto, ainda não reconheci como lar onde estou vivendo e muito menos sinto-me á vontade. Mas, a loucura de tudo é que estou feliz mesmo insatisfeita, mesmo querendo gritar e voltar atras de tudo. Acho que o certo a fazer é isso, não deixar que a insatisfação ganhe espaço e acabe por destruir a  auto- confiança, pois, esta é uma das poucas coisas que posso me louvar em ter. Não sou assim, tão exigente com a minha felicidade , farto-me com bons momentos e boas risadas, saídas inesperadas e pessoas divertidas, não preciso de muita coisa para estar feliz, muitas vezes uma simples ligação já faz toda a coisa funcionar, deixo a minha presunção para os assuntos chatos e menos importantes. Para cada pá de fatos tristes no mundo, existem o dobro de acontecimentos felizes e casos fortuitos, nós mesmos como seres humanos, somos o acaso mais bem sucedido de toda a história, e o melhor de tudo é que não nos resumimos em apenas isso, chegamos aqui por fatos desencadeados ao acaso, mas não somos um mero acaso. Isso é lindo! E só me faz acreditar cada vez mais, que não posso apertar o play e deixar rolar á solto, minha vida é muito especial para se guiar pelo destino. Por isso, não importa se estou contrariada, e deslocada do meu mundo vou sorrir e seguir adiante aqui mesmo, achando a melhor coisa que poderia me acontecer.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

E hoje acordei me amando




Confortável na própria pele e anfitriã de mim mesma descubro-me a cada dia e quero corrigir os defeitos. Aquilo que eu sei melhor fazer acho que ainda não o faço satisfatoriamente, os meus malfeitos são gritantes e sou uma desajustada. Mesmo assim ainda arrumo lugar pro meu ego. Eu me amo e não posso viver sem mim!!! ♥

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Uma História Verídica !!!



Ela: Então meu amor, quem é aquela "inha" que você andou mandando mensagem pelo pc??? Vai desembuxa logo, eu vi no seu modem.




Ele: OMG, não fui eu ! Foi meu amigo que pegou meu pc emprestado.





Ela: Ei, você não mentiria pra mim , neh?





Ele: Claro que não. Eu te amo e nunca a trairia.





E ele na ausência dela...








E foi mais ou menos assim que aconteceu! 

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Vamos sair á francesa !!!




Naquela terça-feira odiosa me guilhotinaram, deram-me a sentença de morte sem ao menos passar pelo crivo da razão o meu julgamento e ver as referidas provas. O meu álibi? não quis saber, ele é só um pequeno detalhe agora. As acusações foram claras e aceitáveis, pena que não correspondiam a verdade, jamais, nem de longe. Eram apenas um grande ataque, de uma pessoa cheia de caprichos que já procurava há tempos um motivo para se desfazer de um enorme peso. Um conselho pros desavisados - quando você por qualquer motivo que seja, pegar uma conversa pela metade ou não contextualizada, porfavor, abstenha-se de formular conclusões, fique na sua - isso salvaria muitas cabeças. No momento eu não senti obrigação nenhuma de dar explicações e acabar com todo o mistério,afinal, a errada não era eu , quem cometera um crime também não, a única coisa que eu poderia pensar era na injustiça, falta de caráter e, claro, no abuso em colocar toda a culpa no amor. Dizer que se cometeu barbáries e que foi tudo por amor, isso não funciona, não existe nesse mundo, apenas no amor passional, esse sim admite os piores surtos, mas, quero passar longe disso. Não vou dizer que nunca fiz (algo parecido) nem  que sou santa , longe de mim, mas, nunca fui longe demais com isso; e só pra salientar quando fui atrás , sim, achei provas interessantíssimas da canalhice humana! O pior de tudo, vem quando você sabe que não fez nada , esta correta em suas ações, e chega um fdp colocando tudo a perder, por pura covardia. Bem, eu tacho como covarde uma pessoa que usa de subterfúgios toscos para se livrar de uma situação, sair pela tangente sem ter que dar muitas explicações, somente, dar adeus. Ok! Por mim tudo bem, pode não estar bem agora, mas, superarei com o tempo, é óbvio, a última vez essa superação não veio, contudo, anseio por ela mais do que nunca. O que se espera quando se é traído,não importa a pessoa e o grau de convivência é um pedido de desculpas e o reconhecimento por isso, mas, quando tal apunhalada tem um propósito definido e uma razão de existir, então , disso não pode-se esperar  nada, pois, o ato em si é o que o alimenta. 

                      :)


Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Sobre o abandono




E hoje acordei sem ter quem amar
Levantei atordoada e dei de cara com o espelho
Nesse momento vi um novo revelar.
O reflexo me descortinava 
A única pessoa que eu deveria amar de verdade
Mas agora era tarde já amava á outro.

quarta-feira, 6 de junho de 2012

A lenda pessoal




Foto:Irina Ionesco

A lenda pessoal é aquilo que você sempre desejou fazer. Todas as pessoas, no começo da juventude, sabem qual é sua lenda pessoal.Nesta altura da vida, tudo é claro, tudo é possível, e não temos medo de sonhar e de desejar tudo aquilo que gostaríamos de fazer. Entretanto, à medida em que o tempo vai passando, uma misteriosa força começa a tentar provar que é impossível realizar a Lenda Pessoal. Esta força que parece ruim, na verdade está ensinando a você como realizar sua Lenda Pessoal. Está preparando seu espírito e sua vontade, porque existe uma grande verdade neste planeta: seja você quem for, quando quer com vontade alguma coisa, é porque este desejo nasceu na alma do Universo. É sua missão na Terra."(O Alquimista)

Este trecho do O Alquimista me pegou de surpresa, estava solto em alguma pasta perdida do meu pc que acabei abrindo ao acaso. Parando para refleti-lo , me acometeu aquele pingo de dúvida , será? Será que é mesmo assim? Quando desejo com toda a alma, significa que sou aquilo e irremediavelmente é a minha missão a ser cumprida? Não interpreto como sendo a grande missão, levando pro lado espiritual, mas , como sendo algo que deva ser feito, e se, o contrário acontecer me sentirei incompleta. Talvez, pode ser certa a premissa, pois, tenho um grande sonho desde pequena e nunca desisti dele, sempre penso e queria que fosse real, como foi pra tanta gente, porém , a cada dia a distância entre o almejar e o concretizar aumenta. Então , nesse sentido vejo possibilidades, sim, de ser a minha lenda pessoal. Sei exatamente o que me falta para chegar lá , os fatos são límpidos, porém , julgo que fui deflagrada pelas forças contrárias á minha lenda, e estas estão enclausuradas, partindo de mim mesma. Não existem fatores externos que me atrapalham , que queiram atrasar os meus sonhos, todos os percalços brotam do meu ser, tem raízes nos meus defeitos e, naquilo que eu preciso melhorar como ser humano, e eu sei bem o que é. A mudança desses fatos seria um grande alívio e tornaria tudo possível, mas, exatamente agora preciso fazer uma revisão pessoal e pesar os meus porquês de querer seguir em frente com a ideia, se eu realmente vou gostar de ser isso daqui á 10 ou 20 anos , como estarei em relação a mim  e aos outros, o que quero dizer é que, se faz de extrema importância uma profunda reflexão se os esforços e a extrema abdicação valerá a pena, é uma luta entre o esforço desempenhado e os ganhos sortidos. Tenho um pressentimento de que poderei estar satisfeita, com os pés á caminho de algo semelhante a felicidade, realizando outros sonhos que também são meus á um tempinho, o que me interpela é a ideia de ficar á margem daquilo que eu poderia ter sido, mas abandonei por motivos fracos, e principalmente porque tais, pertencem ao meu jeito, sou eu, mesmo não sendo bons. Difícil querer dialogar tal questão, porque, como agora isso me atrapalha não tenho dúvidas de que me atrapalhará futuramente, analisando sobre essa ótica está claro que preciso destruir o quanto antes esses entraves, pois, podem ancorar o meu progresso , quando eu mais adiante precisar ter foco e destemor para um grande feito , poderá me faltar. Desistir da minha lenda pessoal não é  o certo a ser feito , o que se encaixa é tentar, e extinguir de vez a minha falta de foco, de persistência e a enorme preguiça para dar continuidade nos afazeres que me proponho, a inteligência e o esforço se tornam inúteis quando não encontram uma direção e permanecem nela. Mais do que ter bons argumentos é ter bons parâmetros para o discurso, ou seja, não me valerá as virtudes se eu não souber usá-las.

Sobre a Vingança


De ante mão esclareço que não tenho nenhum projeto de vingança e desdenho de imediato suas ofensas. O que passou, passou e é irrevogável, tenho o que fazer com as coisas presentes e vindouras, portanto, não me preocupo com bagatelas como irritar-me com o meu pretérito. Julgo inútil e estressante para ambos, ficar maquinando planos só para lesar gratuitamente o outro. A vida por si só , já tem seus artifícios para nos punir pelos nossos maus hábitos e ações, além disso, acredito na lei de causa e efeito, e sinceramente nada escapa dela, mesmo que demore ela acaba te coagindo. Cotidianamente você acabará sentindo o peso de tudo que fez, e como eu previa, já esta arrependido, acuado e  queixando-se , inconscientemente, do que provocou. Particularmente , acho que o desprezo é a melhor alternativa, nesses casos de desentendimento mútuo,afinal, podemos querer estrangular e se rebelar contra palavras sujas, arrogantes e atitudes atrozes, mas como vingar-se do silêncio ? O silêncio é certeiro, limpo e justo, ele não abre tréguas para qualquer questionamento, e como disse Confúcio: é um amigo que nunca trai. A imagem atrativa, sensual , e irônica que fazem por ai, quando alguém vai a desforra,  só funciona para os filmes, no mundo real o mais conveniente é passar longe pra não contaminar o nosso equilíbrio interior. Toda a situação é triste mas, não lastimo o fato de ausentar-me da sua vida, pelo contrário, chega uma hora onde os sacrifícios são necessários para podermos crescer, funciona igual para uma árvore , para esta se desenvolver e revigorar-se ,antes é preciso podar alguns galhos feios e velhos.  

domingo, 3 de junho de 2012

Aguarda. Água. Arda.



Enquanto você 
guarda e aguarda 
eu aguardente. 

- Ramsés Ramos.

Post sobre nada 

Esse blog estava quase jogado as traças, também com tanta coisa acontecendo... Me livrei finalmente da agonia do vestibular, agora é só esperar pra ver se a sorte está ao meu favor, já que eu não estudei nadinha... Oh arrependimento, eu sempre faço isso, deixo os dias passarem e quando chega a hora me bate aquele arrependimento. Falo pra mim mesma que poderia ter me dedicado , que não iria custar nada eram apenas quatro ou seis meses de esforço, que aliás se passaram voando... ah mas, vai viver essa sabatina no seu dia a dia, isso me mata. Encontro-me na sala de espera da minha vida , não tem grandes coisas a serem feitas a não ser esperar acontecer aquilo que já havia providenciado. Aguardo por um emprego, uma chance, uma viagem, uma mudança, boa sorte, um namorado, e muuuitas coisas além. Odeio ficar nesse molho criando expectativas, uma vez que, não tenho as respostas que quero. Por isso,os meus dias estão tediosos e sem emoção,salvo as madrugadas quando assisto (de novo e de novo) ao Supernatural! Por um lado é bom ficar em casa, dormindo horas a mais e curtindo minhas coisas, o problema é quando o não fazer nada te cansa tanto que, o simples fato de sair de casa já te distrai. Os dados estão rolando, e eu do meu lado, respiro fundo tento não pirar com os desajustes que encontro e sei que no final, tudo vai dar certo e será bom, pelo menos pensar assim é reconfortante e um álibi pra mim.


domingo, 13 de maio de 2012

Um adeus ao passado.


"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida. 
Cada mudança, cada projeto novo causa espanto:meu coração está espantado. 
É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue" 
(Um sopro de vida)

Clarice Lispector.




Meus últimos oito anos foram os que me fizeram . Têmpera, impetuosa, chata, feliz, levada, inteligente, egoísta, mal humorada, espontânea, implicante, satisfeita, inconstante, paciente, prestativa, arrogante... Tudo isso eu sou , aprendi nesse tempo. Um passado maravilhoso de aprendizado, que agora me despeço. Farejo a mudança e vou acompanhá-la , arriscar um novo viver, novas experiências, amizades, saberes, e principalmente  efetivar meus sonhos que deixei encostados. Fiquei por cinco anos desses oito num mesmo nível de crescimento, lento mas constante, que apesar de tudo que adveio desde então, me deixou no mesmo ponto de partida, sem grandes acontecimentos ou alardeios. Por isso, não me compensa continuar como estou, com quem estou , ou agir da mesma forma como sempre foi, meus planos mudaram para acompanhar meus atuais objetivos e a minha realidade. Vou deixar pra trás pessoas e um grande amor, mas tenho certeza que ganharei em dobro, não que isso vá substituir a falta , mas, sim será satisfatório. Independente de estar aqui ou estar por lá ( eu entendo) haverá inevitavelmente mutações em toda a minha estrutura, pois, de qualquer forma é uma ruptura em mim, e no meu mundo acostumado de sempre. Estou feliz, ansiosa, insegura e mal humorada com tudo isso, quero que as horas voem e o dias cheguem pra ver e sentir no que vai dar, como vai ser daqui pra frente, a espera me mata, me dá dor no estômago e tira meu sono. Quero gritar! Tudo o que eu preciso é simples pra um ser humano e não tem nada de mais , um  bom emprego, uma facul para criar minha carreira, e um amor, só isso! Banal e descomplicado, tenho saúde, família, boas referências, ou seja, tudo o que necessito pro meu sucesso. Não estou lutando pra sobreviver, não sou uma miserável, não me prostituo, não sou viciada, enfim, o que tento propor é que minha vida é normal e sem grandes dificuldades igual a de muitos, então, não é pedir de mais que eu seja feliz. 

domingo, 6 de maio de 2012

Roberta Sá -  A flor e o espinho

http://www.youtube.com/watch?v=e8qiXBIIP88&feature=related

Vídeo bobo mas letra linda!
Meu Dia!!!



Domingo gostoso
De risadas e lembranças
Domingo bobo
De reencontros e futuros encontros
Com uma parte daquilo que já se foi.
Momentos assim deixam o espírito leve
E a vida mais fácil de passar.



Amanha é outro dia  um novo que nunca aconteceu!


Descobri , por esses dias, como somos seres descartáveis. Apesar de todo esforço e toda a precisão, o interesse mesquinho dos homens, só ligam para o próprio umbigo. A vida tem seu jeito único de nos ensinar seus ditames, ela é incisiva e nos mostra, através de fatos práticos, suas leis. Presenciei a lei do retorno fria e seca, não queria estar naquela pele, eu era apenas uma espectadora , porém, senti um congelar na espinha ao ver , não a primeira vez, uma pessoa se desfazer de outra como se fosse um mero objeto obsoleto. Digamos assim, que nesse conto não houve vítimas, uma vez que a dita cuja não era o ser humano mais angelical que conheci, pelo contrário, deixava bem claro seus atributos do Demo. Passando este detalhe importante - já que não quero comentar sobre o acontecido apenas, a mudança que provocou em mim - toda esta história mexeu comigo e me fez olhar pra trás e ver como eu sou uma pessoa de grande sorte nessa minha vida e super abeçoada por Deus. Sempre que precisei e me vi em dificuldades recebi de várias partes uma segunda chance para refazer as besteiras cometidas e aprender com elas. Não me faltou aquele afago de consolação e um belo sorriso motivador . Isso procede em todos os setores do meu viver, meu lado profissional aflorou-se precisamente devido a uma segunda chance que me deram a uma oportunidade única de recomeçar do zero. Em todos esses anos, o meu lado afetivo foi o que mais sofreu com os percalços cotidianos, minhas mudanças de humor e tudo o mais. Nesses casos delicados de difícil entender fui sempre compreendida, levada a sério ( ás vezes até demais) não faltando nada para o meu progresso como um ser humano no mundo. Observo que para muitos o que falta é um simples toque, uma boa conversa, um sorriso franco , palavras críticas em prol de uma mudança maior, a qual será gerada no interior de cada um. Lembre-se de tudo que te aconteceu até hoje, para mim são 20 anos, se todos os acontecimentos bons e ruins , especialmente os infortúnios, fossem a eles dados uma nova ocasião, para revermos tudo de novo e reparar os mesmos, consertando da melhor maneira possível , quais seriam os nossos benefícios ganhos? Inúmeros eu diria. Não existe no mundo sensação mais gostosa do que, ser compreendida e assim poder se redimir de equívocos, é como se você ganhasse mais um dia na sua vida e uma oportunidade de ser feliz. O perdão de outrem nos tira um fardo das costas, alivia os pulmões de toda a pressão e nos livra da inquietude. Quisera eu ter dado a todos que passarem pela minha vida, chances e chances e mais chances de se mostrarem, de revelar quem verdadeiramente são , crio por vezes, uma máscara de proteção ao meu redor onde espanto os desconhecidos e não os dou espaço para se entrosarem para ficar perto de mim. Acabo ,assim, por perder amigos em potencial ou apenas uma boa pessoa de se ter por  perto, infelizmente isso faz parte do sistema que vivemos, aprendemos a ser assim desde cedo. O que de fato não devemos cair no erro de fazer é , desdenhar de alguém não importa  a ocasião , pois, todos são dignos de consideração, até mesmo aquele mendigo sujo que te estende a mão pedindo a grana que você nega ter. Mas como é difícil parar , observar, refletir e por em prática tal conceito?! 

quinta-feira, 3 de maio de 2012

http://www.youtube.com/watch?v=e9mhzLVVTSc


It'll be better in a year
You'll forget everything you thought was so important here
Jenny you know even the darkest clouds will disappear
Everyone goes through this it's part
Of life

quarta-feira, 2 de maio de 2012


Definitivo

Carlos Drummond de Andrade


Definitivo, como tudo o que é simples. 
Nossa dor não advém das coisas vividas, 
mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram. 

Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos 
o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções 
irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado 
do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter 
tido junto e não tivemos,por todos os shows e livros e silêncios que 
gostaríamos de ter compartilhado, 
e não compartilhamos. 
Por todos os beijos cancelados, pela eternidade. 

Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas 
as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um 
amigo, para nadar, para namorar. 

Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os 
momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas 
angústias se ela estivesse interessada em nos compreender. 

Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada. 

Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo 
confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam, 
todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar. 

Por que sofremos tanto por amor? 
O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma 
pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez 
companhia por um tempo razoável,um tempo feliz. 

Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um 
verso: 

Se iludindo menos e vivendo mais!!! 
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida 
está no amor que não damos, nas forças que não usamos, 
na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do 
sofrimento,perdemos também a felicidade. 

A dor é inevitável. 
O sofrimento é opcional...
Não adianta negar, torcer o nariz dizendo que não, você faz falta! Sabe quando se quer ficar em casa num dia de folga e assistir a um filme? ou quando de madrugada tomar aquele leite quente? Num domingo sair pra tomar um sorvete ou simplesmente ficar de voltinha por ai ? São nessas horas que mais dói! A dor é tamanha que não fica contida em mim e transborda pelo rosto toda noite. Acordo de cara redonda e marcada e forço meu bom humor ( que não sai tão bom assim) fingindo estar bem. Posso sair numa tentativa falha de aliviar toda a carga de sentimentos, posso brincar, conversar e beber a noite toda com desconhecidos amigos, mas ao olhar para o lado ou para dentro de mim , percebo o vão que há. Incrível como a ausência de uma única pessoa faz você se ausentar de si próprio! Aprendi a ser eu sendo você ,e agora que você não mais existe, quem sou eu ? E a velha historia se repete. Estou aqui sem nada , tudo o que tenho são lembranças... 
ainda me recordo da última vez e quem me dera se fosse como outrora onde as lembranças eram esparsas e as amizades fartas. Melhor se tivéssemos ficado no pretérito de nós mesmos e nunca ter dado aquela segunda chance. Com toda a alma penso assim! Reinvento-me a cada dia crio tudo de novo e no meio tempo de uma coisa e outra, tento tapar os buracos deixados.     "A vida é cheia de interferências indébitas , de acasos estúpidos, de personagens errados, que travam conosco desencontrados diálogos de surdos, a vida esta atravancada de pormenores inúteis, a vida parece um romance mal feito!"     E por tudo isso eu tenho que passar. Trata-se de um processo necessário caso queira me alforriar desses acontecimentos trágicos. Na verdade não é tão grave assim, tragédia mesmo seria se, o caso fosse de morte, se algum de nós não estivesse aqui pra sofrer as decepções do amor. Aliás, por falar em decepção a maior delas não foi por tudo que foi dito até aqui,  e sim quando aquele terrível estalo de coerência me veio a mente, e me fez perceber que todo o show gratuito foi em virtude de um ciúme descontrolado e não , graças a Deus, de um preconceito descabido. Ufa! Dos males o menor. Se quer saber não me culpo por isso, porque a falta de atenção provoca estragos (irreparáveis). E mesmo assim não estou 100% ceta de que a minha opinião confere com a realidade dos fatos. O importante agora é olhar-me no espelho e saber quem é aquela refletida, do  que ela gosta? O que ela quer? Quais são seus planos? O futuro nunca foi tão incerto! Estou em algum lugar do mundo e não sei o que fazer com o mundo de possibilidades que se descortinam diante de mim. O momento é crítico e qualquer passo é definitivo, trata-se do meu norte na vida. Escolhi a imagem do post uma borboleta porque representa a liberdade, porém,  sou tudo no mundo menos livre, vivo subjugada ao meu passado. Então , essa é a minha maior intenção agora, livrar-me dos meus fantasmas e da âncora que me sorvia. Há um provérbio tibetano que diz:" Se o seu problema tem solução , então, não há com o que se preocupar. Se o seu problema não tem solução, então, toda a preocupação será em vão. Esses dizeres me acalmam e me fizeram chegar a óbvia conclusão de que não há mais nada a se fazer , a não ser viver e viver bem! Fazer o melhor possível todos os dias, porque só assim vou descobri quem sou e como será daqui pra frente.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Eu que o diga :(


Dia Perfeito sem sol



Tempo nublado na capital federal
Dia cinza
Atmosfera outonal
Chá mate gelado
Filminho retrô 
Céu encoberto 
Eu entre cobertas
Tudo para curar minha dor.


(...)


Ás vezes a razão humana cria monstros desumanos.

terça-feira, 24 de abril de 2012

Dedicado pro Vi!


http://www.youtube.com/watch?v=iQNFBO9eOp0&feature=related




Eu só quero que você saiba
Que estou pensando em você
Agora e sempre mais
Eu só quero que você ouça
A canção que eu fiz pra dizer
Que eu te adoro cada vez mais
E que eu te quero sempre em paz
Tô com sintomas de saudade
Tô pensando em você
E como eu te quero tanto bem
Aonde for não quero dor
Eu tomo conta de você
Mas te quero livre também
Como o tempo vai e o vento vem
Eu só quero que você caiba
No meu colo
Porque eu te adoro cada vez mais
Eu só quero que você siga
Para onde quiser
Que eu não vou ficar muito atrás
Tô com sintomas de saudade
Tô pensando em você
E como eu te quero tanto bem
Aonde for não quero dor
Eu tomo conta de você
Mas te quero livre também
Como o tempo vai e o vento vem
Eu só quero que você saiba
Que estou pensando em você
Mas te quero livre também
Como o tempo vai e o vento vem
E que eu te quero livre também
Como o tempo vai e o vento vem
Marisa Monte


Vestindo-se do efêmero e despindo-se do sólido.



Assim eu me faço.


Quero ser arrebatada
Mimada, levada de mim
Senti aquilo que ainda não senti
Viver em outra esfera
Outra era se não for pedir demais
Reviver o pretérito e sugar daquilo que não captei
Queria ter mil vidas antes de dar por encerrada esta
e talvez ainda não me fosse suficiente
Sou assim mesmo muito impetrante
Ás vezes o impossível é o que me satisfaz
Mesmo ante a melhor coisa do mundo 
pode ser que não me traga paz
Talvez isso venha do meu espírito inquieto
histérico, intrigado, perturbado, intrépido, voraz
Que devora !
Devora até a hora pra não ver o tempo passar
O fluxo seguir 
O momento chegar 
e assim perceber as besteiras cometidas 
as lembranças coagidas e toda a estrada a percorrer. 
Vou ao encalço da emoção da alegria da aventura 
De me fazer como gente nesse mundo sem manual.
Coisas banais tornam tudo mais leve
como a visita inesperada, o beijo roubado, 
as conversas descompromissadas,
as risadas extasiantes,
aquele bolo de chocolate,
o pelo do corpo eriçado,
e muitos outros motivos que fazem 
valer a pena viver.
É por isso que quero mais muito mais!!! 




segunda-feira, 23 de abril de 2012



Nossa senhora do cerrado



nossa senhora
do cerrado,
protetora
dos pedestres
que atravessam
o eixão
às seis horas
da tarde,

fazei com que eu
chegue
são e salvo
na casa da noélia

Nicolas Behr, poeta natural de Cuiabá
Poema transcrito do livro “Poesília: poesia pau-brasília”